Alimentação de pássaros: conheça suas diferenças

A alimentação de pássaros domésticos é um dos assuntos mais importantes quando se trata de cuidar de sua saúde e bem-estar de seu bichinho. A dieta desse tipo de pet deve ser balanceada e muito variada, necessitando de gorduras, proteínas e hidratos de carbono para que tenha energia e uma plumagem saudável.

Frutas, sementes e até mesmo alguns pequenos insetos fazem parte da alimentação de pássaros. Porém, quando cuidados em casa, eles podem ter outras necessidades e é extremamente importante conhecer suas diferenças. Nesse post, iremos trazer os variados tipos de alimentos que os pássaros domésticos podem consumir.

Ração para pássaros

Entre as opções que existem para a alimentação de pássaros, estão as rações extrusadas. Elas são uma boa opção para garantir uma dieta balanceada, pois fazem a combinação de alimentos que trazem quantidades equilibradas de lipídios, proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Além disso, estão disponíveis em variados tipos, de acordo com as necessidades específicas de cada espécie.  

Uma das principais características que tornam a  ração um alimento equilibrado, é a de conter a mesma quantidade de nutrientes em todas as suas unidades. Isso é importante pois as aves têm o hábito de escolher, com o bico, quais alimentos querem. Portanto, a ração impede que haja a defasagem de algum item

Mix de sementes

Existem alguns cuidadores de pássaros domésticos que utilizam mix de sementes exclusivos para a sua espécie de pet. No mercado temos algumas opções de mix de sementes, alguns inclusive com ração extrusada como complemento, sendo igualmente equilibrados em nutrientes. O uso deste mix pode ser vantajoso pois a maioria das sementes utilizadas na alimentação de pássaros estão na fase de fecundação de plantas. Isso significa que elas precisam contar com uma grande concentração de substâncias energéticas em seu interior para permitir a germinação de uma nova planta.

Por isso, as sementes ainda em estado embrionário, assim como os brotos vegetais, rendem uma excelente forma de ter acesso a nutrientes essenciais. Elas são consideradas fonte natural de carboidratos, gorduras e proteínas. Assim, contribuem para fornecer energia e no desenvolvimento do metabolismo das aves, fortalecendo seu sistema imunológico.

Frutas, verduras e legumes para aves

As frutas, verduras e legumes também podem fazer parte da alimentação de pássaros domésticos, desde que seja de forma moderada, como “petisco” não substituindo as sementes ou ração. Depois de descobrir quais os alimentos que seu pet mais gosta, alimentá-lo pode se tornar muito mais fácil e também pode ajudá-lo a lhe ensinar alguns truques ou comportamentos, oferecendo petiscos como recompensa.

Entre as frutas permitidas para pássaros domésticos estão a maçã sem semente, mamão, manga e pêra. Já os legumes podem ser a vagem, ervilha, milho, pepino ou cenoura. E para as verduras, recomenda-se acrescentar à dieta das aves brócolis sem talo, rúcula, agrião e outras verduras que tenham folhas escuras. 

 É imprescindível ter cautela ao oferecer alimentos que não sejam da rotina do animal. A cebola e o abacate, por exemplo, podem ser extremamente tóxicos e capazes de colocar em risco a saúde de seu amiguinho. Já verduras com coloração verde clara, como o alface, geralmente causam problemas gastrointestinais, como a diarreia.

Suplementos alimentares

Os suplementos alimentares são indicados quando é necessário complementar a alimentação de pássaros, reforçando os nutrientes indispensáveis para cada espécie. Entre os suplementos disponíveis para aves estão os polivitamínicos, os suplementos de ferro e as farinhadas. Alguns tutores fazem uso desse tipo de alimentação em períodos específicos, como a troca de penas ou em época de reprodução.

 Algumas vezes, independentemente da dieta que você administra para sua ave, ela pode necessitar de um reforço nutricional. Contudo, os suplementos alimentares devem sempre ser recomendados por um médico veterinário qualificado, especialista em animais silvestres. Somente ele será capaz de identificar as deficiências de nutrientes e indicar a melhor suplementação de pássaros.

Para receber mais novidades e dicas sobre o mundo pet, acompanhe as postagens de nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *