Caixa para gatos: o que você precisa saber

Os gatinhos são conhecidos como os pets mais higiênicos em seus modos. Diariamente, eles tomam banho lambendo seus próprios pelos, não necessitando que ninguém os auxilie. O mesmo vale para a hora de fazer necessidades, que diferentemente dos cães, contam com um local apropriado para despejá-las: a caixa para gatos. 

            Ir ao banheiro é quase que um ritual para os felinos. Eles entram na caixa, escolhem o local onde querem fazer suas necessidades e então cavam bem até elas sejam totalmente escondidas. Nesse post, iremos falar sobre tudo o que você precisa saber sobre a caixa para gatos. Quais os modelos mais indicados? Qual o tamanho correto? Quanto de areia preciso colocar? Confira a seguir!

O tamanho ideal

            Existem diversos tamanhos de caixa para gatos disponíveis no mercado. Porém, escolher a esteticamente mais bonita nem sempre será a mais adequada para o seu pet. Fazer a compra da caixa errada pode resultar na sua má adaptação. Isso poderá incentivá-lo a fazer suas necessidades em locais inadequados, lhe causando ainda mais dores de cabeça para educá-lo.

caixa para gatos

            Além disso, se o seu gato ainda for um filhotinho, é importante pensar no tamanho da caixa. Com o tempo, seu pet se tornará adulto e precisará de uma caixa maior. Por isso, tenha consciência de que haverá uma troca de caixa durante a fase de crescimento dele. A altura da caixa também é um detalhe importante. Lembre-se de que ela não deve ser alta demais, a fim de não dificultar a entrada de seu amiguinho, principalmente enquanto filhote. Nesta fase, ele criará o habito e despertará o instinto de usar a caixa e esconder as fezes.

Localização

            O local onde você irá deixar a caixa para gatos é um fator determinante para que ele a utilize. Sempre dê preferência a lugares que sejam silenciosos, reservados e que promovam a privacidade de seu pet. Um erro muito comum de tutores é colocá-la próximo da água e da comida. Porém, assim como nós, os gatos não ficam contentes em se alimentar no mesmo ambiente em que fazem suas necessidades. Por fim, tenha certeza de que ele encontrará a caixa facilmente. 

Quantidade de caixas

            Para as pessoas que tem mais de um gatinho em casa, a quantidade de caixas é uma das regras mais importantes para a boa convivência. Os felinos não gostam de dividir o local onde fazem suas necessidades. Por isso, jamais tenha apenas uma caixa para gatos para todos eles. O indicado é que haja uma caixa para cada pet e uma extra. Se há três gatinhos em sua casa, tenha no mínimo quatro caixas de areia. 

Limpeza

            A limpeza da caixa para gatos é essencial para que eles façam suas necessidades, a lavagem total pode ser feita a cada 15 dias, conforme for sendo utilizada.

 Para que isso ocorra, é importante a manutenção diária, recolher as fezes sempre que puder, a fim de que a areia não fique úmida ou com mau cheiro. Ofereça areia limpa para seus pets todos os dias, evitando que eles escolham outros lugares para deixar seus dejetos. Outra boa opção é o granulado higiênico de madeira, além de ecologicamente correto, diminui muito o odor das fezes e urina. Mas vamos deixar o assunto areia e granulado higiênico para outro dia, ok?!

Meu gato parou de usar a caixa

            Algumas vezes, pode acontecer de seu pet deixar de utilizar a caixa para gatos, mesmo seguindo todas as dicas acima. Caso você perceba essa atitude, a primeira coisa a fazer é levá-lo ao médico veterinário. Ele pode estar passando por algum problema ou doença, e um dos primeiros sintomas quando isso acontece é a recusa da caixa. Por isso, esteja sempre alerta ao seu comportamento, principalmente no momento de fazer suas necessidades!

Para receber mais novidades e dicas sobre o mundo pet, continue acompanhando as postagens de nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *